"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

02.05.13

Independentemente da temperatura, banhos são tratamentos eficazes contra dores musculares e lesões


 

Depois de treinos longos e competições, os corredores estão sempre à procura de terapias que diminuam dores e incômodos musculares do pós-exercício. Nesse quesito, a hidroterapia, ou seja, tratamentos medicinais que utilizam a água como principal ferramenta, é boa alternativa para recuperação e relaxamento.  A imersão parcial do corpo em água fria é indicada aos corredores pela ação preventiva antiinflamatória. “Isso se deve à rápida activação circulatória – ou vasoconstrição –, e pela diminuição da velocidade de condução do estímulo da dor pelas fibras nervosas, além do estímulo à produção de endorfinas”, diz Márcia Cristina Bauer Cunha, fisioterapeuta do sector neuromuscular e doutora em ciências da saúde pela Unifesp. Esta técnica é denominada crioterapia (temperatura entre 5ºC a 13ºC) e, segundo a médica, também diminui a fadiga, espasmos musculares e auxilia no relaxamento, sendo mais vantajosa do que o tratamento em água quente, já que a duração do efeito é maior. Maurício Garcia, coordenador da área de fisioterapia do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Desporto, e membro do Cete (Centro de Traumatologia do Desporto) da Unifesp, concorda e complementa: “Para o corredor são indicados tanto tratamentos com água fria quanto com água quente. Porém, a água fria recupera a dor muscular e também as microlesões musculares e ósseas – que o atleta não sente”, diz o médico e corredor. Caso tenha uma banheira ou uma tina para realização de ofurô, vale a dica: “Imergir as pernas em água com gelo, imediatamente após uma competição, ajuda o corpo a voltar ao estado ‘normal’. O organismo entende o esforço da corrida como uma agressão – por isso, a imunidade baixa após provas longas. Quanto mais rápido essa imersão, mais rápido o corpo reage”. Garcia também indica aos corredores que esse banho não deve demorar mais do que seis minutos, e a imersão deve ser parcial – apenas as pernas, parte do corpo mais afetada pelo impacto da corrida.

Água quente
Segundo a fisioterapeuta Márcia, tratamentos em água quente são indicados para os corredores que sofram de contraturas e fraquezas musculares, limitações na amplitude de movimento, dores incapacitantes e lesões. Como benefícios, promove o relaxamento muscular, diminui espasmos nos músculos e a dor, facilita o movimento articular e aumenta a circulação, entre outros. “Água quente é mais indicada para relaxamento muscular, além de capacitar as vias aéreas, ou seja, melhorar a respiração. Saunas, banhos de imersão e no ofurô são indicados para os corredores, mas não podem passar de 15 minutos”, complementa Garcia.

:: Benefícios

Água quente
- Indicada para corredores com contraturas e fraquezas musculares, dores e lesões
- Promove relaxamento muscular e diminui espasmos
- Aumenta o limiar de excitação nervosa – diminuindo a dor, facilita o movimento articular, aumenta a circulação periférica e reduz edemas
- Melhora a musculatura respiratória e reduz a actuação da força gravitacional

Água fria
- Ajuda o corpo a voltar ao estado “normal”
- Ação preventiva antiinflamatória de rápido resultado
- Rápida activação circulatória, diminuição da velocidade de condução do estímulo da dor pelas fibras nervosas e estímulo à produção de endorfinas
- Diminui a fadiga, espasmos musculares e também auxilia no relaxamento do corpo

Para o corredor são indicados tratamentos com águas fria e quente, mas com preferência para os frios.

tags:
publicado por Zé às 07:59

Imersao em agua quente para reduzir edemas? Nao necessariamente! No caso de pos esforco onde tem o surgimento de edemas, o uso de qualquer calor sera desaconselhavel pois com efeito vaso dilatador aumentara a permeabilidade dos vasos sanguineos aumentando ainda mais o edema. Outra contra indicacao reside no fato das micro lesoes musulares, onde com a aplicaçao, favorecem o aparecimento ou agravamento de processos inflamatorios. Minha dica: utilize sempre a crioterapia (gelo) nas primeiras 48 horas apos esforco. Espero estar contribuindo e ajudando...
nelson a 17 de Setembro de 2013 às 12:33

Eu pude constatar que após ter exagerado um pouco no meu esforço físico após ter tomado um banho frio logo me recuperei.
Márcio Agenor a 29 de Janeiro de 2016 às 01:01

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian