"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

19.01.11

Primeiro volume depois velocidade


Saiba por que, para quem está começando a correr, é importante primeiro se acostumar a certa distância para depois pensar em diminuir o tempo

 


A ansiedade e o atleta iniciante normalmente correm lado a lado. É normal encontrar um novo corredor buscando dar suas passadas o mais rápido possível. Entretanto, para conseguir correr bem e atingir um bom ritmo, é necessário antes aliar duas virtudes do esporte: o volume e a velocidade.

Um treino que foque o desenvolvimento da actividade é o que deve ser escolhido inicialmente. “Um corredor iniciante muitas vezes acaba errando nos seus treinos, pois o ideal é, a princípio, esquecer a velocidade, já que ele deve ter uma base antes de começar a correr para valer. É como ter sete anos e passar para o colegial. Não vai estar no momento certo”, afirma Professor Zeca, director técnico da BK Sports.

Começando pelo volume
Antes de começar a correr, o atleta tem que observar em qual perfil ele se encontra. O de sedentário, que nunca praticou desportos, ou daquele atleta que teve que largar os exercícios por falta de tempo, mas que possui certa experiência. Determinada esta fase, começa o trabalho físico e evolutivo do volume.

“O atleta vai perceber que ao correr sem querer ser o mais rápido, vai conseguir correr por muito mais tempo, e assim deve investir nesse processo, até conseguir correr por 45 minutos até uma hora em um nível moderado”, diz Marcelo Lopes, director técnico da Run All Way.

O papel do volume, além de tornar o corredor mais produtivo, também será o de preparar o organismo. É aí que começa o processo de adaptação às novas mudanças vindas juntamente com a prática desportiva. “O corpo vai ter que se reajustar para o novo estilo de vida, já que vai necessitar mais do sistema cardiorespiratório”, explica Zeca, que ainda completa.

“O atleta iniciante deve conseguir ter volume em uma intensidade baixa, que somente após o treino de velocidade vai começar a melhorar. A sua velocidade no primeiro período vai aparecer pela sua postura e pela técnica que será aprendida”.

Partindo para a velocidade
Além de estar correndo por volta de uma hora, o iniciante deve passar por um “teste” antes de começar um novo treino para a velocidade que será imposta.

“O corredor deve treinar pelo menos quatro vezes por semana, além de completar uma prova de baixa quilometragem. Após isso, com o controle da intensidade, ele poderá realizar treinos como os fartlek ou intervalados que devem ser realizados com cuidado e, se possível, com ajuda de um profissional”.

tags:
publicado por Zé às 08:27

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian