"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

31.01.11

O poder das vitaminas


Descubra como estas importantes substâncias auxiliam os corredores a manterem o bom rendimento e veja em que alimentos encontrá-las

 


Para uma corrida bem sucedida, o corredor, normalmente, se preocupa com diversos fatores. O uso do tênis adequado e confortável, vestimentas específicas para a prática esportiva, além de outros acessórios, opcionais, como iPod e frequencímetros calibrados. Entretanto, outros fatores também devem estar em foco na hora de correr, como uma alimentação balanceada e a hidratação.

Certamente indispensável para qualquer indivíduo, seja ele esportista ou não, as vitaminas também devem ser presença diária na alimentação, ajudando no bom funcionamento do corpo. Contudo, existem algumas vitaminas mais recomendadas para os corredores, como a C e E, além de outras do complexo B, por serem antioxidantes.

Com papel importante no combate dos radicais livres, produzidos pelo exercício físico, poluição e cigarro, as vitaminas C e E protegem as células e os tecidos com a neutralização dessas moléculas. Além disso, existem outras vitaminas que contribuem, e muito, para a prática esportiva.

“As vitaminas do complexo B atuam geralmente como parte de coenzimas para participar com as enzimas do controle de vários processos metabólicos, especialmente aqueles relacionados ao metabolismo energético. Estão entre elas as vitaminas B1, B2, B5 e B6”, afirma a nutricionista Tarcila Ferraz de Campos.

Entre as vitaminas do complexo B, cada uma tem um papel diferente no organismo, interferindo diretamente no desempenho dos esportistas, já que podem acabar com problemas como a câimbra, sensação de cansaço e fadiga pós-treino.

Vitaminas para uma vida melhor
São inúmeros os benefícios que as vitaminas podem trazer, já que contribuem tanto para a saúde quanto para o bem-estar esportivo do indivíduo. “A ingestão de alimentos fontes ou suplemento destas vitaminas e minerais (vitaminas C, E e complexo B) pode significar menor dano ao tecido muscular, uma recuperação pós-exercício e uma resposta imune mais eficientes, bem como prevenir algumas doenças crônicas, como as doenças cardiovasculares”, frisa Tarcila.

Para aumentar a quantidade de vitaminas, muitos esportistas são adeptos dos suplementos. Porém, para o nutricionista esportivo Luís Ricardo de S. Alves, esses recursos não são necessários, além de ter um custo elevado. ”Apenas para corredores de ultramaratona (acima de 70km) é justificado ter uma suplementação de vitamina C. Caso contrário, é desperdiçar dinheiro. De três a cinco porções de frutas diariamente é mais do que o suficientes para ingerir a recomendação diária de vitamina C. No geral, corredores não necessitam de suplementos polivitamínicos e minerais”, salienta o nutricionista.

Entenda a função das vitaminas e os alimentos indispensáveis:

Tiamina (Vitamina B1): Estimula defesas orgânicas e atua no metabolismo dos carboidratos. Sua deficiência provoca fadiga, fraquezas musculares e câibras e até alteração da função cardíaca. O álcool, cigarro, açúcar, café e chá preto ajudam a diminuir sua quantidade no organismo e os produtos industrializados apresentam perdas importantes dessas vitaminas durante o preparo e cozimento.

Riboflavina (Vitamina B2): Atua no metabolismo dos carboidratos, lipídeos e aminoácidos. Diminuiu a sensação de cansaço nos treinos fortes e competições intensas.

Ácido Pantotênico (Vitamina B5): Sua falta acarreta fadiga e estresse oxidativo pelo esforço físico.

Piridoxina (Vitamina B6): Importante na formação da glicose e na síntese da hemoglobina. Alguns estudos demonstraram que contribui para um aumento da potência aeróbica e diminuição do ácido lático.

Vitamina C: Promove a formação de tecidos no processo de cicatrização, auxilia na regulação do metabolismo de aminoácidos, além de participar na formação de cartilagens, tendões, ossos e etc.

Vitamina E: Previne o dano celular, além de ser antioxidante e prevenir doenças cardiovasculares.

Alimentos

Vitamina B1: Cereais integrais, carne e fígado de galinha;

Vitamina B2: Leite, carnes, fígado, ovos e hortaliças de folha verde;

Vitamina B5: Proteína animal, grãos integrais, feijão e cenoura;

Vitamina B6: Fígado, germe de trigo, peixe, banana e arroz integral;

Vitaminas C e E: Repolho, beterraba, pimenta vermelha, brócolis, espinafre, batata, milho, morango, ameixa, laranja, uva, maça, tomate e banana.

publicado por Zé às 10:22

Comecei a praticar atletismo federado à pouco tempo e desde então tenho procurado por sites na Internet onde eu possa procurar dicas extra, como por exemplo a alimentação, etc etc...
E posso-lhe dizer que o seu blog é dos melhores (se não o melhor) que encontrei até agora...
Muitos parabéns e continue com o blog...
twistedx a 31 de Janeiro de 2011 às 23:21

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian