"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

15.03.11

OMS lança novo guia de recomendações sobre actividade física como prevenção

 Prevenção do câncer: praticar exercícios físicos por 150 minutos por semana ajuda a evitar a doença


Prevenção do câncer: praticar exercícios físicos por 150 minutos por semana ajuda a evitar a doença (Stockbyte/Thinkstock)

"O câncer pode ser prevenido e evitado porque muitos dos factores que o provocam são conhecidos" diz Eduardo Cazap, presidente da UICC

Cerca de 25% dos casos de câncer de mama e de cólon poderiam ser evitados se os pacientes praticassem exercícios físicos por, pelo menos, 2 horas e meia por semana, advertem as novas Recomendações Mundiais sobre Actividade Física apresentadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As novas orientações foram apresentadas no marco do Dia Mundial do Câncer, lembrado nesta sexta-feira. Segundo os últimos dados disponíveis, de 2008, 7,6 milhões de pessoas morreram de câncer, das quais 460.000 foram mulheres vítimas do câncer de mama e 610.000 pessoas que sofreram câncer de cólon. Recentes pesquisas mostram que das 7,6 milhões de mortes, 3,2 milhões estão relacionadas à ausência de actividade física. De facto, calcula-se que 31% da população mundial não pratiquem nenhuma actividade física, o que torna o sedentarismo o quarto maior factor de risco para se contrair câncer - o primeiro é a pressão alta, seguido do tabaco e do excesso de glicose no sangue. "O câncer pode ser prevenido e evitado porque muitos dos factores que o provocam são conhecidos, mas são poucos os esforços para controlá-los", diz Eduardo Cazap, presidente da União Internacional para o Controle de Câncer (UICC).

Políticas públicas - Cazap assinalou que a cada ano são detectados 12 milhões de novos casos de câncer, 80% deles nos países em desenvolvimento, um número que deve duplicar até 2020. Desses casos, 30% têm origem viral e somente 10% causa genética. Diante deste panorama, a OMS decidiu estabelecer as Recomendações Mundiais para que se transformem em políticas públicas adaptadas a cada país. Doenças cardiovasculares, câncer, doenças respiratórias crônicas e diabetes, nesta ordem, são responsáveis por 60% das mortes no mundo, o que equivale a mais de 35 milhões de vítimas todos os anos. Já os tipos de câncer que mais matam são de pulmão, mama, estômago, fígado e cólon. "Não é importante falar apenas de prevenção, mas também de tratamento. Avançamos muito em diagnóstico e em tratamento, o problema é que só 10% da população mundial têm acesso a ele", diz Cazap.

tags:
publicado por Zé às 15:58

No meu caso particular não fui 100% beneficiado por fazer, desde Junho de 2007, praticamente diariamente 45 minutos de actividade física porque este ano foi-me diagnosticado um cancro no reto no entanto a actividade física ajudou-me a aguentar as consequências da evolução tumor, os sintomas iniciaram-se em Outubro de 2011, porque apesar de ter perdido peso e sentir cansaço só em Março deixei o ginásio para me dedicar somente ao tratamento.

Passadas as 6 semanas de tratamento de quimioterapia e radioterapia na 4ª semana, após o terminus dos tratamentos, recomecei a actividade física que manterei até à realização da operação por me sentir com força suficiente.

Recomendo que façam exercício físico diariamente.

Eduardo

Eduardo
jeduardo13 a 30 de Junho de 2012 às 18:36

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian