"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

03.06.11
Aliados à prática desportiva, alguns alimentos ajudam a acelerar o metabolismo e a queimar gordura

 


Todos os recursos possíveis para ajudar na manutenção da boa forma são bem-vindos, especialmente se forem naturais. E os alimentos termogênicos fazem parte deste grupo. Por elevarem a temperatura corporal e acelerar o metabolismo, eles consomem mais energia e caloria para realizar a digestão, além de ajudarem na queima de gordura corporal.

"Os termogênicos ajudam o organismo a queimar gordura e transformá-la em fonte de energia – até mesmo quando estamos em repouso. Fazem isso aumentando a necessidade de energia nas células, queimando mais calorias", explica a nutricionista Renata Rodrigues.

Os principais alimentos termogênicos são: frutas e vegetais das cores amarela, laranja e vermelha (mamão, batata doce, tomate). Frutas cítricas (laranja, limão), maçã e gengibre. Repolho e uva roxa, vinho tinto, soja, brócolis, laticínios e carnes magras, canela. Peixes (Ômega 3), oleaginosas (nozes, castanhas etc), azeite de oliva extra virgem e pimenta.

Chá verde, cafeína, guaraná e até água gelada também entram nessa lista, além de outras substâncias. "Existem alguns compostos que suplementados de forma correcta, também podem ajudar bastante. Citrus, quitosana, algumas vitaminas e minerais tem essa função", completa Renata.

Para se manter saudável
Inseridos em uma dieta balanceada, os alimentos termogênicos são muito bons. Porém, sozinhos eles podem não causar o efeito desejado. Precisam estar aliados a hábitos saudáveis e a prática regular de uma actividade física. "O emagrecimento depende desde a ingestão calórica diária adequada com o gasto dessas calorias, até a uma rotina alimentar sem exageros nos fins de semana, por exemplo”, fala a nutricionista.
"Porém, só em colocá-los na nossa dieta, já sentimos os efeitos logo na primeira ou segunda semana", completa Alves. Como são repletos de vitaminas, minerais, proteínas e gorduras saudáveis, eles fazem com que o corpo trabalhe da forma correcta, principalmente na recuperação pós-treino.

Com moderação
Alimentos considerados estimulantes, como a cafeína, o pó do guaraná e o chá verde são, geralmente, utilizados por pessoas que querem perder peso. Eles estimulam o sistema nervoso central, fazendo com que o indivíduo tenha mais energia. Isso pode levar o corredor a treinar “mais intensamente”, mascarando o cansaço natural e o do esforço físico.

Portanto, esses tipos de termogênicos devem ser consumidos com moderação. "Usados dessa forma, a médio e a longo prazo com certeza vai prejudicar a saúde e o bem-estar do corredor", alerta Alves. Além disso, é sempre recomendado o acompanhamento com um nutricionista, para indicar a medida corrceta para cada tipo de pessoa. "Apesar de naturais, o consumo desses alimentos não é indicado para aqueles que possuem o aparelho digestivo sensível, por exemplo. O uso de condimentos como a pimenta e o gengibre pode agravar o quadro", aconselha Renata.

publicado por Zé às 07:03

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian