"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

19.07.11

Além de ajudar no control do colesterol e actuar no bom funcionamento do intestino, a aveia é rica em carbohidratos, o que a torna uma óptima fonte de energia na hora dos treinos

 



As fibras alimentares são compostos essenciais para o bom funcionamento do organismo. E uma das fontes mais ricas desta substância é a aveia, que ajuda a diminuir a velocidade de absorção da glicose que vem dos alimentos, auxiliando a  controlar a glicemia. Além disso, promove a sensação de saciedade por mais tempo, pois forma uma espécie “gel” no estômago, retardando o tempo de absorção dos alimentos.

“Ela possui compostos que estimulam, no intestino humano, o crescimento de bactérias benéficas principalmente as bifidobactérias e os lactobacilos”, explica o nutricionista desportivo Luís Ricardo de S. Alves, da Nutrição Fácil, que acrescenta ainda que a aveia também regula o funcionamento do intestino.

Outra característica benéfica da aveia está ligada ao control do colesterol. A betaglucana, fibra solúvel presente neste alimento, é uma das responsáveis por essa tarefa. “Estudos mostram que o consumo da aveia auxilia na redução de risco cardiovascular, por diminuir o colesterol ruim (LDL)”.

Na dieta do corredor
O cereal também pode ser muito benéfico para o corredor, devido a sua concentração de carbohidratos, actuando como fonte de energia na hora dos treinos. O único cuidado a ser tomado é com relação à quantidade a ser ingerido e quanto tempo antes da sessão de treinos. Isso porque, por auxiliar no funcionamento do intestino, ele pode provocar desconforto.

“Além do excesso de fibras atrapalharem na absorção de minerais, ela pode promover gases”, . Então não é interessante que o corredor exagere nem na aveia nem nos outros alimentos ricos em fibras, como linhaça, granola, saladas de folhas e legumes refogados, de uma ou duas horas antes de partir para as ruas. Antes desse período ou depois de correr o consumo é liberado.

Como e quanto comer
As combinações ficam a critério do paladar de cada um. A aveia pode ser consumida de diferentes formas, misturadas a vitamina de frutas ou em forma de mingau. Pode ser colocada em cima de diversas frutas, como o mamão, ou amassada com banana. Também pode-se encontrar aveia em sucos, pães, bolos e biscoitos, como os cookies.

A quantidade para se ingerir também é relativa, mas para se ter o benefício de diminuição do colesterol sanguíneo é preciso consumir pelo menos quatro colheres (sopa) ao dia. “O valor energético para cada 100g de aveia é de aproximadamente 390 kcal. Uma colher de sopa tem cerca de 7 a 9 g de peso, fornecendo de 24 a 30 kcal para o corpo”.
Dica
Outro factor relevante é com relação ao consumo de água. “A dica para consumir aveia é também ingerir bastante líquido, principalmente água, para assim possibilitar o trabalho correcto das fibras no organismo”.

publicado por Zé às 10:50

Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt
Visitas/Tradutor
English French German Spain Italian