"O tempo é valiosíssimo, mas não custa nada, podemos fazer o que quisermos com ele, menos possui-lo, podemos gasta-lo, mas não podemos guarda-lo. Quando o perdemos não podemos recupera-lo, "passou e pronto.!".

26.02.10

Dieta de engorda


Correr é uma actividade que queima muitas calorias. Confira dicas para quem é apaixonado por esta actividade e não quer emagrecer

 



É inegável. A maioria das pessoas que começa na corrida busca, a princípio, uma melhor forma física. Seja perder a barriguinha ou apenas aguentar subir alguns lances de escada sem ficar ofegante. Porém, há também outros tipos de corredores, que já estão no peso ideal, e correm apenas por paixão ao desporto.

Essas pessoas que têm uma tendência maior para emagrecer, podem sofrer alguns problemas ao praticar a actividade, e devem ter atenção redobrada com a alimentação, como fala o nutricionista desportivo Luís Ricardo de Souza Alves.

“Algumas pessoas têm essa predisposição para emagrecer mais facilmente, mesmo alimentado-se bastante comparado com outras pessoas. Isso acontece devido ao seu metabolismo. Digamos que esses indivíduos, de metabolismo mais rápido, são ´carros que consomem bastante gasolina numa curta distância´. Não são carros econômicos", afirma o nutricionista, que completa.

“Porém, se esses indivíduos consumissem 2000 calorias diárias acima do seu gasto energético total diário, com certeza eles também engordariam. Ou seja se gastassem diariamente 2500 cal e consumissem 4500 cal ou gastassem 3000 cal diárias e ingerissem 5000 cal, poderiam ficar com braços e pernas finas mas a região abdominal aumentaria”.

Mas e para quem tem o metabolismo acelerado, afinal. É arriscado praticar um desporto como a corrida? Ana Paula de Souza, nutricionista da Clínica de Nutrição Santé, responde. “É arriscado quando a pessoa não tem um acompanhamento nutricional, não há problema dela continuar magra e manter suas características físicas, o que não pode acontecer é ela emagrecer mais e ter IMC (Índice de Massa Corporal) abaixo de 18.5”.

Os cuidados com a alimentação
Se você pensa que somente os que estão acima do peso devem tomar cuidado com a alimentação está enganado. Quem é de natureza magra também deve estar atento ao que ingere no dia-a-dia, para não correr o risco de fugir de uma alimentação saudável.

“Ao consumir qualquer alimento, sem se preocupar com a qualidade, ou seja, ingerir uma grande quantidade de alimentos processados, como pizzas e fritos, a pessoa pode continuar magra, mas terá uma grande chance de desenvolver doenças de indivíduos acima do peso ou obesos, como hipercolesterolemias (colesterol elevado promovendo doenças do coração), hipertrigliceridemia (triglicérides elevado), diabetes e hipertensão”, afirma Luís.

Desta forma, as refeições equilibradas e ricas em vitaminas também devem fazer parte do cardápio dos mais magrinhos. Além disso, a ingestão de alimentos em um curto espaço de tempo também é importante, como fala Ana Paula.

“Quem tem mais tendência para emagrecer não deve ficar mais que três horas sem se alimentar, além de consumir diversos tipos de alimentos (grupos alimentares), como fibras, carbohidratos, proteínas e lipídos de forma balanceada. Se ela consumir apenas um tipo de nutriente, como por exemplo proteína, ou apenas carbohidratos, sentirá prejuízos na saúde”.

Dicas para manter uma boa condição física

• Alimentar-se a cada duas em duas ou três em três horas;

• Consumir diariamente alimentos como saladas, frutas, legumes, carnes magras, arroz, feijão, frutas secas oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes, avelãs, castanha de caju, todas elas sem sal), massas com molho vermelho etc;

• Não exagerar em alimentos como fritos, processados (alimentos industrializados), refrigerantes, doces;

• Praticar uma actividade física diária incluindo a musculação pelo menos duas vezes por semana, para que promova uma hipertrofia ou manutenção da sua massa muscular;

• Dormir pelo menos 7 horas diárias.


Um espaço onde pode informar-se sobre aspectos relacionados com a corrida, alimentação, exercícios, nutrição, treinos, lesões etc,etc. Email:jmsesteves@mail.pt